Largo do Carmo, 1200-092 Lisboa vnsp@arqueologos.pt 213 460 473

Site VILA NOVA DE SÃO PEDRO – VNSP 3000

Este site, ainda numa fase inicial da sua execução, pretende ser um repositório de toda a informação sobre o sítio calcolítico de Vila Nova de São Pedro e do projecto VNSP 3000.

Aqui poderá acompanhar o desenvolvimento do projecto e seguir os trabalhos arqueológicos. 

Workshop “Fotogrametria para estudo e divulgação do Património”

No âmbito do Projecto VNSP3000, estão abertas as inscrições para o workshop “Fotogrametria para estudo e divulgação do Património”, que decorrerá na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa entre 28 e 30 de Junho de 2021.

Formadora: Elena Cabrera Revuelta (Ingeniería Mecánica y Diseño Industrial. Área Expresión Gráfica – Universidade de Cádiz)

A taxa de inscrição é de 25 Euros, estando o espaço limitado a 12 participantes, por ordem de inscrição.

Mais informações e formulário de inscrição em: https://www.uniarq.net/fotogrametria.html

Vila Nova de São Pedro 1971-2021 – Monumento Nacional

Categoria: MN – Monumento Nacional, Decreto n.º 516/71, DG, 1.ª série, n.º 274 de 22 novembro 1971

A 22 de Novembro de 2021, assinalam-se os 50 anos da classificação do povoado de Vila Nova de São Pedro como Monumento Nacional.
Durante este ano, realizar-se-ão um conjunto de actividades em torno de VNSP, dando a conhecer o trabalho de investigação em torno deste icónico sítio arqueológico no quadro das Sociedades Calcolíticas do Ocidente Peninsular.
As celebrações terão o seu culminar, no final do mês de Novembro, com a realização do Encontro Vila Nova de São Pedro – 1971-2021: cinquenta anos de investigação sobre o Calcolítico, no Ocidente Peninsular.

Em breve, daremos mais novidades sobre o Programa Oficial das Celebrações.

Pré-História no Carmo Tecelagem

No próximo dia 10 de Outubro (Sábado), terá lugar o 4º Workshop de Arqueologia Experimental “Pré-História no Carmo”, cujo tema será a Tecelagem.

Numa colaboração entre a AAP/MAC, o projecto VNSP 3000 e a Prehistoric Skills, esta actividade será dividida em duas partes. 

A primeira parte corresponde à observação de objectos relacionados com teares e tecidos fabricados (arqueológicos e/ou reproduções), explicando o funcionamento de dois tipos de tear que, tendo em conta os elementos arqueológicos que temos disponíveis, poderão ter sido utilizados durante o Calcolítico e no povoado de Vila Nova de São Pedro.

Recorrendo a um tear construído por Pedro Cura (Prehistoric Skills), a segunda parte estará destinada, exclusivamente, à sua utilização, procurando produzir pequenas tiras, faixas ou pulseiras, testando distintas técnicas e padrões decorativos.  

É necessária a inscrição prévia na sessão pretendida.

Mais informações e inscrições em: 
https://www.museuarqueologicodocarmo.pt/prehistoria_no_carmo.html
cesar.neves@arqueologos.pt

Workshop – Pré-História no Carmo

O Museu Arqueológico do Carmo, o projecto de investigação VNSP 3000 e a Prehistoric Skills convidam todos os interessados a viajar até à Pré-História, mais especificamente até ao Calcolítico, recriando e reproduzindo os principais artefactos e actividades do quotidiano das comunidades que habitaram lugares como o povoado fortificado de Vila Nova de São Pedro.

Idade mínima dos participantes: 8 anos

Inscrições e informações em: https://www.museuarqueologicodocarmo.pt/prehistoria_no_carmo.html
cesar.neves@arqueologos.pt

O Museu Arqueológico do Carmo está certificado com o selo «Clean & Safe» do Turismo de Portugal; este selo garante ao visitante que estão a ser seguidas todas as recomendações da Direcção-Geral de Saúde, de modo a que possa fazer a sua visita em total segurança.

VNSP no Colóquio – Os recintos da Pré-História Recente: avanços no estudo das suas arquitecturas e espacialidades

No dia 23 de Novembro, a equipa de VNSP 3000 participou no colóquio Os recintos da Pré-História Recente: avanços no estudo das suas arquitecturas e espacialidades, que teve lugar no Museu Arqueológico do Carmo, em Lisboa, numa organização conjunta entre a ERA, Arqueologia e a Secção de Pré-História da Associação dos Arqueólogos Portugueses.

As investigações arqueológicas recentemente desenvolvidas em Vila Nova de São Pedro foram, agora, divulgadas através de uma comunicação intitulada “Muralhas, monumentos e discursos arquitectónicos no 3º milénio: o caso de Vila Nova de São Pedro”.

Vila Nova de São Pedro no Guia de Percursos Pedestres da Lezíria do Tejo

No dia 20 de Outubro de 2019, o Município de Azambuja promoveu o lançamento do Guia de Percursos Pedestres da Lezíria do Tejo e a inauguração do PR2 AZB – Castro de Vila de S. Pedro.

O sítio arqueológico de Vila de Nova de São Pedro é o centro do itinerário destinado ao concelho da Azambuja, ficando como passagem obrigatória a todos os amantes de actividades de contacto com a natureza e com o património cultural.

Durante da caminhada, o Presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo – António Ceia da Silva – bem como parte do Executivo Municipal e da União das Freguesias de Manique, Vila Nova de São Pedro e Maçussa, juntamente com habitantes locais, pararam no sítio arqueológico, onde foram recebidos por responsáveis do projecto VNSP 3000 que lhes proporcionaram uma visita guiada ao povoado calcolítico.

Visita guiada a VNSP

No passado dia 4 de Outubro de 2019, a equipa do projecto VNSP 3000 realizou mais uma visita guiada ao povoado calcolítico de Vila Nova de São Pedro.

Numa acção promovida pelo município da Azambuja, os alunos do programa Erasmus K2 – Bemore – Education Through Art tiveram a oportunidade de conhecer este sítio arqueológico, escutando a sua história e ficando a par das investigações, recentemente desenvolvidas.

Além de jovens oriundos do município da Azambuja, estiveram presentes alunos provenientes de Moya – Gran Canaria (Espanha), e de Castel Bolognese (Itália).

Gastronomia Calcolítica em VNSP

No 13 de Julho, a partir das 13h, haverá um Almoço Pré-Histórico: Gastronomia Calcolítica em Vila Nova de São Pedro. Neste almoço serão utilizados os métodos e técnicas de preparação e confecção de comida, tal como era feito no Calcolítico.

Antes de almoço, ao meio-dia, haverá uma visita ao sítio arqueológico.

Todos os interessados em participar, terão de formalizar a sua inscrição (até ao dia 10 de Julho), para cesar.neves@arqueologos.pt.

Existe um número limite de participantes.